segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010


UM AMORZINHO
Guida Linhares

Como é bom aos nossos ouvidos,
as doces palavras de carinho.
Como é bom aos nossos sentidos,
a certeza de termos um amorzinho.

É como agulha no palheiro,
às vezes dificil de achar.
Porém quando chega inteiro,
não nos cansa de acarinhar.

E nos sentimos a princesa
de um reino mágico encantado,
onde tudo se transforma em beleza,
no sentimento nobre do apaixonado.

Amar e ser amado, sensações vitais.
Intercâmbio amoroso que vivenciado,
nos transforma em seres especiais,
celebrando a vida com prazer redobrado.

***

Um comentário:

Fátima Gaya disse...

Olá Guida,
através da amiga em comum, Rita do Fotolog Terra, cheguei até aqui.Parabéns pelo seu espaço.Voltarei mais vezes.
Adoro poesia.
Sem amor somos terra árida.
Boa semana, abraços.